Imprimir

> DEFESA DE DISSERTAÇÃO/TESE

Para a defesa da Dissertação de Mestrado e da Tese de Doutorado, os estudantes deverão cumprir as seguintes exigências:

a) Obter os créditos mínimos, a aprovação nas disciplinas obrigarórias e alcançar o CRA correspondente ao Mestrado ou Doutorado;

b) Proficiência comprovada em língua extrangeira - Inglês;


c) Obter aprovação prévia na defesa dos projetos de Dissertação de Mestrado, no Exame de Conhecimentos Gerais (para Doutorado) e  realizar todas as apresentações da banca de acompanhamento (para Doutorado);


d) Solicitar à Comissão Coordenadora do PCM a aprovação da Banca Examinadora para a sua defesa pública, com no mínimo 45 dias de antecedência da defesa. Para isto, o orientador deverá encaminhar à secretaria do Programa um email sugerindo no mínimo 5 (cinco) nomes para a composição da Banca Examinadora e os links para seus curriculos lattes. Os documentos acima serão analisados pela Comissão do PCM para escolha dos 3 (três) examinadores, do revisor e dos suplentes. Recomenda-se que o revisor tenha um mínimo de 15 (quinze) e o máximo de 30 (trinta) dias para a análise do trabalho;


e) É obrigatório que a banca de Dissertação de Mestrado seja composta por pelo menos 1 (um) professor externo ao PCM. Para a Tese de Doutorado, é obrigatório que seja composta por pelo menos 2 (dois) professores externos ao PCM. Em casos excepcionais e devidamente justificados, esta composição poderá ser alterada. Recomenda-se aos professores orientadores que evitem endogenia na composição das Bancas Examinadoras (para maiores detalhes olhar regras de composição de banca abaixo);


f) O mestrando ou doutorando deverá efetuar as modificações sugeridas pelo revisor e, com a aprovação final do mesmo, encaminhar o formulário de revisão de tese preenchido à secretaria e enviar a versão da dissertação/tese corrigida aos membros da Banca Examinadora. Nesta ocasião, o estudante deverá, em comum acordo com os membros, marcar a data da defesa da dissertação/tese. Sugere-se que o estudante dê um intervalo de no mínimo 15 (quinze) dias entre a entrega do exemplar a cada examinador e o dia da defesa;


g) O dia e a hora da defesa da dissertação/tese devem ser informados à Secretaria de Pós-Graduação do PCM com pelo menos 7 (sete) dias de antecedência para que ela divulgue o evento;


h) Durante a defesa pública da dissertação/tese, o aluno terá 30-40 minutos (no caso de Mestrado) e 40-50 minutos (no caso de Doutorado) para fazer uma apresentação oral do seu trabalho, seguida de no máximo 3 (três) horas de argüição (1 h/examinador). A Banca Examinadora se reunirá em seguida e decidirá sobre a aprovação do candidato, assinando os documentos correspondentes;


i) O resultado final da defesa expresso pela Banca Examinadora será APROVADO ou REPROVADO, não havendo conceito;


j) Caso a Banca Examinadora exija correções da dissertação/tese, o membro da banca professor orientador permanente do PCM deverá receber do aluno a versão final modificada, segundo o prazo estabelecido de 45 dias. Após isto, o professor encaminhará a Comissão Coordenadora do PCM esta versão corrigida com seu parecer sobre atendimento às exigências, para apreciação e as providências de expedição de diploma de Mestre ou Doutor.


> COMPOSIÇÃO DA BANCA:
Segundo normas recomendadas pela UFRJ e pelo nosso Conselho de Ensino para Graduados, todos os membros da banca de defesa de Doutorado devem ter alguma experiência em formação de recursos humanos a nível de Pós-Graduação (orientação plena e concluída de mestrado ou doutorado. Casos especiais devem ser argumentados pelo o orientador do candidato na hora de submeter a proposta de banca para a comissão do PCM, que poderá valiar e eventualmente justificar tais casos excepcionais no CEPGuinho.